FUNORTE FACULDADES DE JANAÚBA

FUNORTE JANAÚBA : CURSO DE DIREITO NOTA EXCELÊNCIA RECONHECIDO PELO MEC

Imagem
É com enorme satisfação que anunciamos: MEC reconhece com nota de excelência o curso de DIREITO. Parabéns a todos os responsáveis pela participação e contribuição para essa conquista. FUNORTE JANAÚBA... Somos referência... FUNORTE JANAÚBA (38)38213427 (38) 998776968 Endereço: rua Rodolfo Soares de Oliveira, 234, Vila São Vicente, Janaúba/MG.

POLÍCIA CIVIL CONCLUI INVESTIGAÇÃO E APONTA QUE EX-VEREADOR POR VERDELÂNDIA FOI QUEM CONTRATOU E MANDOU MATAR RAPAZ QUE INVADIU A SUA PADARIA E CASA E FURTOU DINHEIRO E 02 TELEFONES CELULARES

  • APÓS O CRIME, SEGUNDO A POLÍCIA CIVIL, O EX-VEREADOR PAGOU COM DINHEIRO E DISTRIBUIU CERVEJAS PARA OS EXECUTORES DO CRIME, UM DELES ESTAVA COM UM DOS CELULARES FURTADOS NA CASA DO MANDANTE

 

  • TODOS OS ENVOLVIDOS FORAM PRESOS DURANTE A INVESTIGAÇÃO DESSE HOMICÍDIO OCORRIDO EM 2 DE NOVEMBRO DO ANO PASSADO; NA ÉPOCA, A PARCEIRA DA VÍTIMA FOI DETIDA COM O OUTRO CELULAR FURTADO NA CASA DO EX-VEREADOR 

Foto PC

Investigações realizadas pelos policiais da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Janaúba apontam o envolvimento de quatro pessoas em homicídio ocorrido em 02 de novembro de 2021 na cidade de Verdelândia-MG.

 

VERDELÂNDIA – Um ex-vereador e candidato a prefeito por este município na eleição de 2020 foi indiciado pela Polícia Civil por envolvimento em homicídio ocorrido no dia 02 de novembro do ano passado ocasião em que um rapaz de 24 anos foi morto ao ser apontado como o autor do furto ocorrido no dia 31 de outubro de 2021 na casa no e estabelecimento comercial do ex-vereador.

Em Inquérito Policial concluso neste mês de outubro, a Delegada de Polícia Glênia Balieira Torres Aquino, da Delegacia de Homicídios, informa que o ex-vereador contratou três homens para tirar a vida do rapaz e, em conformidade com as investigações, os quatro envolvidos foram presos durante os trabalhos dos investigadores da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Janaúba com relação a esse crime que aconteceu na cidade de Verdelândia, na região da Serra Geral, no Norte de Minas.

A delegada ressalta que a investigação foi muito complexa, e que em decorrência disso foram desencadeadas diversas diligências policiais até a conclusão do inquérito. Coube aos investigadores da Polícia Civil Tiago Anjos, Maraísa Dias e Farley Albuquerque aprofundarem nas apurações dos fatos e para isso foi imprescindível o apoio dos escrivães Edgar Júnior e Elisângela Silva.

Na antevéspera da sua morte, o rapaz decidiu praticar o furto em propriedades do ex-vereador. Essa ação se deu durante a madrugada momento em que a vítima e companheira dormiam em casa. O rapaz entrou indevidamente na padaria e na residência – imóveis que têm fácil acesso um ao outro – do ex-vereador e furtou dinheiro (quantia não informada pela PC) e dois telefones celulares.

Ao amanhecer, o ex-vereador notou a anormalidade em seus imóveis e, por conta própria, iniciou-se uma investigação e foi atrás de supostas pessoas que poderiam ter praticado o furto. Três pessoas indagadas por ele negaram a participação no furto. O detalhe é que uma dessas pessoas estava com um dos telefones celulares furtados na padaria/casa. Mesmo assim, ela e as outras duas foram “contratadas” pelo ex-vereador para descobrir o autor e mata-lo.

Serviço contratado e executado. Para tal, o ex-vereador forneceu munições e um dos envolvidos entregou a arma, enquanto dois comparsas se prontificaram a assassinar o rapaz. Na noite de 2 de novembro passado, Dia de Finados, dois contratados foram até a casa do desafeto e, pela janela, efetuaram o tiro fatal. O rapaz foi atingido na cabeça enquanto dormia, não resistiu e foi a óbito.

A delegada de Polícia Glênia Aquino informou que o mandante do crime, o ex-vereador ficou em outro local aguardando pela conclusão do serviço planejado por ele. Ao ser informado que o autor do furto em sua padaria e casa teria sido morto, o ex-vereador foi ao encontro dos seus “aliados”. De acordo com a PC, ele apanhou uma espingarda, montou numa bicicleta e levou cervejas para a turma comemorar o feito. Também foi o momento para o ex-vereador pagar em dinheiro os executores do homicídio.

Tempo depois, o ex-vereador foi presos por porte ilegal de arma e os outros três envolvidos foram presos em flagrante por tráfico de drogas. Equipe da Polícia Civil prendeu uma mulher – companheira do rapaz assassinado – por receptação de um dos telefones celulares furtados na propriedade do ex-vereador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO ENTRE CAMIONETE E CAMINHÃO DEIXA O MÉDICO JOSÉ FRANCISCO, DE JANAÚBA, FERIDO: O ACIDENTE FOI NA BR-122, NA SAÍDA DA CIDADE E O MÉDICO TEVE FERIMENTO GRAVE NO BRAÇO ESQUERDO

FIM DE SEMANA COM HOMICÍDIO NA CIDADE DE JANAÚBA: HOMEM MORREU AO SER ATINGIDO POR 03 GOLPES DE FACA

ACIDENTE FATAL NA BR-122 EM NOVA PORTEIRINHA: UMA PESSOA MORRE E OUTRA FICA FERIDA EM COLISÃO ENTRE CAMIONETE E MOTOCICLETA

PM PRENDE DOIS INDIVÍDUOS SUSPEITOS DE PARTICIPAREM DE SEQUESTRO RELÂMPAGO, EM NOVA PORTEIRINHA: VÍTIMA CONSEGUE DESARMAR UM DOS ENVOLVIDOS E ATIRA CONTRA RAPAZ, QUE NÃO RESISTIU E MORREU

POLICIAL PENAL FOI PRESO PELA POLÍCIA CIVIL ACUSADO DE ROUBO DE R$ 70 MIL DE SUPERMERCADO EM PORTEIRINHA COM AJUDA DE SEGURANÇA DO PRÓPRIO SUPERMERCADO

ELEIÇÕES 2022: APURAÇÃO EM JANAÚBA E NA REGIÃO

ASSASSINATO EM JANAÚBA: HOMEM FOI MORTO NO BAIRRO RIBEIRÃO DO OURO

MORRE UM DOS CIDADÃOS MAIS VELHOS DE JANAÚBA: JOÃO PRETO, AOS 108 ANOS

ELEIÇÕES 2022: RESULTADO EM JANAÚBA, NA SERRA GERAL, EM MINAS GERAIS E NO BRASIL

DOIS MORTOS E 23 FERIDOS EM ACIDENTE NA BR-251: ÔNIBUS TOMBOU ENTRE FRANCISCO SÁ E MONTES CLAROS