FUNORTE FACULDADES DE JANAÚBA

MORRE O VOLUNTÁRIO, SERVIDOR PÚBLICO DA CEMIG, COORDENADOR DA RAFAH E PASTOR CHIQUINHO, DE JANAÚBA: A REDE DO BEM SE FAZ COM PESSOAS DE BOA VONTADE

Fotos álbum pessoal

Francisco José Veloso Santos, o Pastor Chiquinho.

 


JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A cidade de Janaúba e a região da Serra Geral, no Norte de Minas, amanhece nesta quarta-feira, dia 15 de dezembro, com a triste notícia do falecimento de Francisco José Veloso Santos, o Chiquinho. Ele estava desaparecido desde a manhã de ontem, dia 14, e teria sido encontrado sem vida na madrugada de hoje, na zona rural do município de Janaúba.

“A rede do bem se faz com pessoas de boa vontade”, teria escrito Francisco Veloso Santos no dia 31 de maio de 2016 (cinco anos atrás) durante a ExpôJanaúba na qual a Rede de Apoio Familiar Humanizado (RAFAH) participava. Pastor Chiquinho, como era mais conhecido, coordenava a Rafah e era funcionário da Cemig.



Dedicou boa parte da vida a ajudar o próximo e salvar a vida das pessoas em dificuldades. Francisco Santos dividia o seu tempo com a família, a atividade profissional e a vida missionária. Mesmo diante dos obstáculos, Pastor Chiquinho não se abatia e seguia em frente o objetivo em fazer prevalecer o bem. Conseguiu desenvolver a tranquilidade para muitas famílias, principalmente entre os jovens, por intermédio do apoio familiar humanizado.

Em casa ou no exercício do serviço público que cumpriu, Chiquinho desenvolvia a sua missão e também abraçava as causas sociais. Na sua concepção, era preciso doar para salvar. Nas reuniões missionárias ele transmitia a mensagem de paz, união e esperança. Na condução dos trabalhos pela Rafah, Chiquinho atuava com persistência no intuito em que a entidade se estabelecesse e desempenhasse as ações juntos aos assistidos. Não foi fácil, mas ele e a equipe foram em frente.


Ele acreditava na potencialidade da Rafah em ajudar as famílias e as comunidade. Implantou cursos de capacitação e qualificou os assistidos que desenvolviam a criatividade e atuavam na fabricação de lixeiras na própria Rafah. “Fabricamos e instalamos, porque a nossa luta é pela vida sem drogas”, mencionava Francisco Santos sobre a fabricação de lixeiras pelos assistidos da rede.

Filho do casal Abraão e dona Dora (do cartório e ex-vereadora por Nova Porteirinha, Francisco José Veloso Santos era casado com Josy Macedo que o acompanhava nas ações sociais e missionárias.


Ainda não há informação, por parte da família, sobre o que levou Pastor Chiquinho a decidir pela partida eterna.

O velório será no salão da Igreja Assembleia de Deus, ao lado do Lions Clube, na rua Afonso Pena, bairro São Gonçalo, em Janaúba, a partir das 15h. O sepultamento será amanhã, quinta-feira, dia 16, em horário e local a serem definidos. Até o início desta manhã a Polícia Civil realizava a perícia sobre a morte do servidor público e pastor Chiquinho. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO ENTRE ÔNIBUS E CARRO NA BR-122; HÁ ÓBITOS E VÍTIMAS FERIDAS: ENTRE CAPITÃO ENÉAS E A BR-251

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID

TRÁGICO ACIDENTE NA BR-122, EM JANAÚBA: CARRO SAI DA PISTA, BATE EM ÁRVORE E UMA PESSOA MORRE; 3 FICARAM FERIDAS

ACIDENTE FATAL EM JANAÚBA: JOVEM MORRE AO BATER COM A MOTOCICLETA NUM POSTE NA AVENIDA BEIRA-RIO

POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM QUE É ACUSADO DE ABUSAR SEXUALMENTE DE PASSAGEIRA DURANTE UMA CORRIDA DE TÁXI EM PORTEIRINHA

HOMICÍDIO EM JANAÚBA NESTE SÁBADO: CRIME FOI PERTO DA PONTE DO RIO GORUTUBA

TRÁGICO ACIDENTE NA MG-401, EM VERDELÂNDIA: UMA MULHER DE JANAÚBA MORREU EM CAPOTAMENTO DE VEÍCULO

ACIDENTE COM AMBULÂNCIA DE RIACHO DOS MACHADOS NA BR-122, EM PORTEIRINHA; PREFEITURA INFORMA QUE MOTORISTA ESTÁ BEM

MORRE O POLICIAL CIVIL MADEIRA: DETETIVE DA PC DE JANAÚBA, MADEIRA TAMBÉM FOI POLICIAL MILITAR