FUNORTE FACULDADES DE JANAÚBA

HOSPITAL REGIONAL DE JANAÚBA TEM 5 LEITOS DE UTI HABILITADOS PARA COVID-19

  • E contará com recurso de R$ 720 mil para custear esses leitos de UTI para Covid-19 por três meses 

Foto Oliveira Júnior

Hospital Regional de Janaúba disponibilizado para atender em torno de 300 mil habitantes dos municípios da região da Serra Geral, no Norte de Minas. 

JANAÚBA (por Girleno Alencar) – O Hospital Regional de Janaúba tem cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) habilitados pelo Ministério da Saúde para atendimento exclusivo de pacientes acometidos pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.  Por meio da Portaria 2.021, publicada na sexta-feira, dia 7 de agosto, o Ministério da Saúde possibilita o repasse de R$ 16,704 milhões para 13 instituições de saúde de Minas Gerais para disponibilização de 162 UTIs, visando o custeio do atendimento de pacientes com Covid-19.

Por um período de três meses, o Hospital Regional de Janaúba receberá o montante de R$ 720 mil para custear o funcionamento desses cinco leitos da UTI para casos da Covid-19. As demais instituições habilitadas estão sediadas em Belo Horizonte; Congonhas; Conselheiro Lafaiete; Ipatinga; Juiz de Fora; Manhuaçu; Nova Serrana; Oliveira; Unaí e Viçosa.

Em julho o Ministério da Saúde habilitou 28 leitos de UTI para atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19 em municípios do Norte de Minas, distribuídos da seguinte forma: dez leitos no Hospital Municipal Senhora Santana, em Brasília de Minas, no valor de R$ 1,440 milhão; cinco leitos no Hospital Dr. José Magalhães Freire, em Pirapora, no valor de R$ 720 mil; oito leitos no Hospital Santo Antônio, em Taiobeiras, com custeio de R$ 1,152 milhão; e cinco leitos na Santa Casa e Hospital São Vicente, em Porteirinha, com custeio de R$ 720 mil.

Por outro lado, em junho, o Ministério da Saúde habilitou 60 leitos de UTI nos hospitais Aroldo Tourinho, Santa Casa, Universitário Clemente de Faria, Hospital das Clínicas e Dílson Godinho, sediados em Montes Claros, para atendimento exclusivo de pacientes acometidos pela Covid-19. Durante três meses esses hospitais recebem R$ 8 milhões 640 mil para custeio dos atendimentos.

A superintendente regional de saúde de Montes Claros, Dhyeime Thauanne Pereira Marques, ressalta que o credenciamento dos leitos de UTI se constitui medida importante viabilizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) junto ao Ministério da Saúde, diante do avanço da transmissão do novo coronavírus para o interior do país. “A habilitação dos leitos dá maior tranquilidade aos gestores quanto à garantia do atendimento dos pacientes que vierem a ser acometidos pela Covid-19 e que, caso evoluam para situação de saúde mais grave, terão acomodações disponíveis para tratamento clínico ou de alta complexidade”, frisa a superintendente.

O plano de contingência elaborado pela Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros junto com as gerências regionais de saúde de Januária e Pirapora, com a participação dos gestores municipais e o Conselho de Secretários de Saúde de Minas Gerais (Cosems) definiu a disponibilização de 112 leitos de UTI e 398 leitos clínicos para atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19 na macrorregião de saúde do Norte de Minas. O custeio dos leitos conta com repasse de recursos financeiros por parte da SES-MG e pelo Ministério da Saúde. (Fonte: Gazeta Norte Mineira) 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

COLISÃO ENTRE ÔNIBUS E CARRO NA BR-122; HÁ ÓBITOS E VÍTIMAS FERIDAS: ENTRE CAPITÃO ENÉAS E A BR-251

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID