FUNORTE FACULDADES DE JANAÚBA

HOSPITAL DA FUNDAJAN RECORRE AO MP PARA RECEBER RECURSOS DE QUASE R$ 900 MIL JÁ LIBERADOS PELO GOVERNO PARA JANAÚBA USAR NAS AÇÕES DE PREVENÇÃO AO NOVO CORONAVÍRUS

Foto Oliveira Júnior
Hospital e Maternidade Sagrado Coração de Jesus, cidade de Janaúba.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A diretoria do Hospital e Maternidade Sagrado Coração de Jesus tem recorrido ao Ministério Público com o intuito em receber o recurso de aproximadamente R$ 900 mil já liberados e depositados em conta do Fundo Municipal de Saúde para as ações de enfrentamento à Covid-19. O hospital e maternidade é mantido pela Fundação de Assistência Social de Janaúba (Fundajan).
“Recurso para (prevenir contra) a Covid-19 a gente não recebeu nada até agora”, declarou o diretor-presidente da Fundajan, Bruno Santos Atayde, ao site do jornalista Oliveira Júnior nessa quinta-feira, dia 11 de junho. Ele esclarece que na quarta-feira, dia 10, houve o repasse de recurso para o hospital Fundajan, contudo é recurso mensal relacionado à produção hospitalar.
De acordo com a diretoria, a Fundajan já deveria ter recebido total ou parcialmente em torno de R$ 883 mil disponibilizados pelos governos federal e estadual. Nesse montante estão inclusos os R$ 450 mil destinados por meio de emenda aprovada por unanimidade pelos vereadores de Janaúba em reunião no dia 8 de maio ao projeto de lei tratando da distribuição de R$ 2,6 milhões para os dois hospitais (Fundajan e Regional), Hospital do Rim e Secretaria Municipal de Saúde para serem adaptados visando a assistência aos pacientes que estejam com sintomas do novo coronavírus.
Em comunicados ao Ministério Público a direção da Fundajan ressalta que, apesar da Câmara Municipal ter aprovada a proposição há mais de um mês e que alguns dos recursos tenham sido liberados ao Fundo há quase dois meses, o hospital que atende gestantes e recém-nascidos ainda não foi contemplado com o aporte financeiro que são R$ 450 mil segundo o projeto de lei avalizado pelo legislativo local e “nem o repasse naquela portaria que o (deputado federal) Diego Andrade conseguiu incluir a Fundajan dos hospitais filantrópicos e santas casas que o Governo federal repassou R$ 345 mil mais R$ 88,2 mil”, mencionou o diretor-presidente da Fundajan ao acrescentar que (esses valores) “está na conta da prefeitura e até hoje a gente não recebeu”.
Com o recurso de R$ 450 mil, assegurados via Câmara Municipal, a direção da Fundajan pretende adquirir equipamentos para atender pacientes com a Covid-19, e nos últimos o sistema de saúde tem constatado um momento preocupante diante do crescente número de casos positivos de infecção pelo novo coronavírus tanto em Janaúba quanto em municípios da região da Serra Geral atendidos pelos dois hospitais desta cidade, o da Fundajan e o Regional. Bruno Atayde chama a atenção para o fato da morosidade na liberação do dinheiro vir a causar transtornos nas medidas de adequar o hospital para o enfrentamento dessa doença. “Não simplesmente transferir o recurso. Tem o trâmite de aquisição, da chegada dos produtos que estão em falta, como monitor, aparelho de oxímetro, montar uma sala de parto para atender gestantes com a Covid-19”, explicou o diretor frisando que isso consta no planejamento apresentado pela Fundajan tempos atrás.
Bruno Atayde questiona a demora para o repasse do recurso financeiro para o Hospital e Maternidade Sagrado Coração de Jesus. “Agora a alegação para o atraso em transferir o dinheiro para a Fundajan seria o marco regulatório que tem seguir um trâmite”, explicou Atayde que até o primeiro semestre do ano passado era diretor-presidente do Hospital Regional de Janaúba e desde então administra o hospital da Fundajan após ter sido integrante de uma comissão interventora na Fundajan.
Ao site do jornalista Oliveira Júnior o diretor-presidente da Fundajan informou que todos os documentos solicitados à Fundação de Assistência Social (Fundajan) foram enviados ao Fundo Municipal de Saúde. “Já tem 60 dias que o recurso está na conta (nesse caso, do Fundo)”. Ontem, quinta-feira, 11 de junho, não tinha paciente internado no Hospital e Maternidade Sagrado Coração de Jesus relacionado a casos da Covid-19. Mas, o diretor-presidente citou que a unidade hospitalar, mesmo sem o recurso devido para se preparar para os atendimentos específicos da Covid-19, já prestou assistência a alguns pacientes, inclusive crianças, com suspeitos do novo coronavírus. Como não foi constatado que esses pacientes estariam com a Covid-19 foram liberados após o acompanhamento médico.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

COLISÃO ENTRE ÔNIBUS E CARRO NA BR-122; HÁ ÓBITOS E VÍTIMAS FERIDAS: ENTRE CAPITÃO ENÉAS E A BR-251

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID