FUNORTE FACULDADES DE JANAÚBA

VEREADORES VOTAM HOJE, DIA 1º DE AGOSTO, PROJETOS QUE AUTORIZAM O PREFEITO DE JANAÚBA A CONTRAIR EMPRÉSTIMOS DE R$ 3 MILHÕES COM PRAZO DE ATÉ 9 ANOS E MEIO E SENDO QUE O PAGAMENTO INICIARÁ NA GESTÃO DE OUTRO PREFEITO

  • HÁ QUASE DOIS ANOS, OS MESMOS VEREADORES HAVIAM APROVADOS PROJETOS DO ATUAL PREFEITO PEDINDO EMPRÉSTIMOS DE R$ 3 MILHÕES E QUE, DEPOIS, FORAM RECUSADOS PELO BANCO 
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Logo mais às 16h desta quinta-feira, 1º de agosto, primeiro dia após o recesso parlamentar, os vereadores estarão reunidos na Câmara Municipal desta cidade para votar dois projetos de lei de autoria do atual prefeito solicitando a autorização do legislativo para contrair empréstimos bancários no valor de R$ 3 milhões junto ao Banco de Desenvolvimento do Estado de Minas Gerais (BDMG), órgão do governo estadual.
O detalhe é que esses créditos bancários começarão a ser pagos por outro prefeito, que tomará posse em 1º de janeiro de 2021, e num prazo de até 9 anos e meio com 18 meses (um ano e meio) de carência.
Essas duas solicitações via projetos de lei são semelhantes aos dois pedidos que o atual prefeito havia feito há dois anos. Naquela ocasião, em 25 de setembro de 2017, os vereadores aprovaram os empréstimos de R$ 3 milhões, um com prazo de 7 anos e outro com prazo de 4 anos e meio. O plenário teria rejeitado por 8 votos a 5 as emendas que estipulavam o prazo de pagamento em até 39 meses, coincidindo com o período do mandato do atual prefeito.
Mesmo com a aquiescência dos vereadores, o prefeito não conseguiu colocar em prática o objetivo dos dois projetos de lei. Isso porque, conforme o próprio prefeito havia dito na Câmara local, em 22 de dezembro de 2017, os pedidos de créditos teriam sido recursados pelo BDMG.
No dia 15 de julho deste ano os vereadores suspenderam o recesso parlamentar para apreciar e tentar votar os dois projetos de lei, cada um no valor de R$ 1,5 milhão, assinado pelo prefeito em 3 de julho de 2019 e encaminhados ao legislativo janaubense. Por falta de parecer da Comissão de Serviço Público, foi adiada a reunião para a análise e votação dos projetos de lei. De acordo com a atual administração, o recurso financeiro, no valor de R$ 3 milhões, caso haja aprovação pelo banco, será utilizado para aquisição de máquinas e equipamentos, veículos e ação de controle da área onde vem sendo armazenado o lixo recolhido na cidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

COLISÃO ENTRE ÔNIBUS E CARRO NA BR-122; HÁ ÓBITOS E VÍTIMAS FERIDAS: ENTRE CAPITÃO ENÉAS E A BR-251

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID