FUNORTE FACULDADES DE JANAÚBA

PAIS RECLAMAM DE SUPERLOTAÇÃO EM TRANSPORTE ESCOLAR MUNICIPAL EM JANAÚBA

  • Eles afirmam que muitas crianças são transportadas em pé e outras sem o cinto de segurança; trajeto dura mais de uma hora, segundo os pais 
Foto Arquivo Pessoal
Muitas crianças foram flagradas sendo transportadas em pé.

JANAÚBA (por Valdivan Veloso) – Pais de estudantes que precisam do transporte escolar municipal em Janaúba reclamam da superlotação durante o trajeto até a escola do Bairro Jacarezinho. Eles afirmam que a van chega a transportar mais de 50 crianças na região, aumentando o risco de acidentes, já que muitos precisam seguir viagem em pé e sem o uso de cinto de segurança.
"Tenho um sobrinho de dois anos que precisa do transporte. Ele é um dos primeiros a entrar, por isso vai sentado, mas tem muitas outras crianças que vão em pé. É um percurso muito grande e muitos estudantes passam mal na viagem", diz a tia de um aluno que não quis se identificar.
O ônibus passa pelos bairros Jacarezinho, Monte Alto I e II, Lagoa Grande e Pajeú; um percurso de mais de uma hora até que todas as crianças cheguem ao destino. "Para ir para a creche, às 6h, vão apenas as crianças de dois a cinco anos, mas na volta, às 17h, crianças acima de seis anos também são transportadas", afirma Irisleia Silva, que tem um filho de dois anos e um sobrinho de oito que utilizam o ônibus diariamente.
Este é o primeiro ano que o filho de Irisleia Silva vai para a escola, mas ela afirma que a expectativa de ver o filho frequentar as aulas se torna um tormento, devido à preocupação com o trajeto dentro do ônibus. "As aulas começaram agora, há uma semana, mas a experiência não está sendo a melhor, não está sendo legal. Fico com o coração na mão".
O serviço de transporte fornecido pela prefeitura é acompanhado por uma monitora. "Nós não temos reclamações sobre o serviço do motorista e da monitora, mas a prefeitura podia colocar pelo menos mais um ônibus para ajudar neste trajeto. Tem crianças do Bairro Pajeú que chegam em casa por volta de 19h", afirma Selma Santos.
O G1 entrou em contato com a administração municipal para saber sobre as condições do transporte escolar e foi informado que o secretário de educação, Júlio César, seria o responsável para falar sobre o assunto, mas ele não atendeu às ligações. 
A Secretaria Municipal de Educação de Janaúba enviou uma nota nesta sexta-feira (15) alegando que a superlotação relatada na denúncia é um problema que ocorre todo início de ano letivo.
"O cadastro escolar feito no ano passado muitas vezes não reflete a realidade das matrículas. Como as aulas começaram no dia 07 de março e os alunos voltaram efetivamente essa semana, muitos pais deixaram para matricular somente agora. Tal situação elevou o número de alunos dependentes do transporte. Diante desta situação, a Secretaria Municipal de Educação já está apurando o número de alunos para posteriormente fazer as adequações nas rotas que necessitarem, seja na redistribuição ou licitando nova rota", diz a nota. (Fonte: G1 Grande Minas)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO ENTRE ÔNIBUS E CARRO NA BR-122; HÁ ÓBITOS E VÍTIMAS FERIDAS: ENTRE CAPITÃO ENÉAS E A BR-251

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID

TRÁGICO ACIDENTE NA BR-122, EM JANAÚBA: CARRO SAI DA PISTA, BATE EM ÁRVORE E UMA PESSOA MORRE; 3 FICARAM FERIDAS