FUNORTE FACULDADES DE JANAÚBA

CÂMARA DE VERDELÂNDIA AFASTA O PRESIDENTE E O SECRETÁRIO DA MESA DIRETORA E APURA DENÚNCIA DE QUE ESSES VEREADORES NÃO PRESTARAM CONTAS DE PROCEDIMENTOS NO LEGISLATIVO

  • VEREADORES AFASTADOS, CELSINO E IRAN, PODERÃO RECORRER DA DECISÃO
  • TALLYS AVELANY ASSUME A PRESIDÊNCIA INTERINA POR 6 MESES
  • VEREADOR HARLEY RECORRE EM BH E CONTINUA NO CARGO; JUSTIÇA HAVIA CASSADO O SEU MANDATO
VERDELÂNDIA (por Oliveira Júnior) – Dois vereadores foram afastados das suas respectivas funções na mesa diretora da Câmara Municipal de Verdelândia, na região da Serra Geral de Minas. O presidente Celsino Alves Cordeiro e o secretário Iran Gonçalves dos Santos deverão ficar 180 dias (seis meses) sem ocupar o comando do legislativo para o qual foram eleitos em princípio de 2017 para o período de dois anos.
O afastamento dos vereadores dos cargos de presidente e secretário foi decidido nessa quinta-feira, dia 3 de maio, durante reunião ocorrida na Câmara desta cidade. A presidência da Casa Legislativa de Verdelândia passa a ser ocupada pelo vereador Tallis Avelany Soares Santos, então vice-presidente. Celsino e Iran continuam no cargo de vereador, uma vez que o decreto se refere, neste momento, à função na mesa diretora.
O plenário decidiu pelo afastamento dos vereadores da mesa diretora em virtude de denúncia apresentada por um morador. O cidadão alega a ausência de prestação de conta por parte da mesa diretora com relação a procedimentos na Câmara. O denunciante menciona ainda a provável existência de funcionário “fantasma” no poder legislativo.
Os vereadores Celsino Alves e Iran Gonçalves ainda não manifestaram a respeito da decisão do plenário. Mas, a expectativa é de que os dois recorram do ato ocorrido nessa quinta-feira. O presidente interino disse que não haverá convocação suplente de vereador, uma vez que os dois parlamentares continuam em pleno exercício do mandato eletivo.
Nos próximos dias será nomeado um vereador para assumir a função de secretário na mesa diretora. A denúncia formulada pelo cidadão estará sendo apurada por uma comissão a qual irá ouvir os vereadores denunciados e ao final dos seus trabalhos emitirá um relatório podendo o mesmo recomendar ou não a apreciação pelo plenário em provável cassação.
VEREADOR HARLEY CONTINUA
O vereador Harley Matos continua no cargo eletivo na Câmara Municipal de Verdelândia. Ele apresentou defesa junto à Justiça, em Belo Horizonte, com o intuito de reverter a decisão da Justiça de Janaúba que, com base em denúncia do Ministério Público, cassou o mandato de Harley Matos. (confira AQUI )
O MP entendeu que o vereador Harley infringiu a legislação eleitoral em 2016 quando participou da campanha de reeleição ao mandato no legislativo local. A denúncia sustenta que o candidato serviu bebida à eleitor no dia da votação. O recurso do vereador Harley é que ele não se encontrava no local citado da suposta distribuição de bebida a eleitor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

COLISÃO ENTRE ÔNIBUS E CARRO NA BR-122; HÁ ÓBITOS E VÍTIMAS FERIDAS: ENTRE CAPITÃO ENÉAS E A BR-251

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID