FUNORTE FACULDADES DE JANAÚBA

PREFEITO DISSE QUE SERVIDORES DA PREFEITURA DE JANAÚBA NÃO TERÃO O 13º SALÁRIO; OS EFETIVOS RECEBERÃO O 13º, MAS SEM DATA DEFINIDA

Banco recusa empréstimo de R$ 3 milhões para a Prefeitura de Janaúba e prefeito anuncia a realização do carnaval no ano que vem;

Na Câmara, prefeito anunciou que situação do Hospital Regional será resolvida no final de 2018 e o hospital da Fundajan terá situação resolvida no meio do ano que vem

Prefeito admite a possibilidade em construir um “piscinão” no Dona Lindu

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Enquanto que na maioria dos municípios do Norte de Minas os funcionários das prefeituras têm recebido ou receberão nesta semana o 13º salário, em algumas localidades houve a antecipação em novembro, os servidores da Prefeitura de Janaúba ainda não sabem quando receberão a gratificação natalina. Aliás, nem todos os funcionários serão agraciados com esse salário adicional.
Pelo menos foi o que falou o prefeito Carlos Mendes na noite desta segunda-feira, dia 18 de dezembro, em reunião ordinária na Câmara Municipal. Segundo ele, talvez dia 20, ou seja, próxima quarta-feira, libere uma parte do dinheiro e a outra parte seja quitada em janeiro. Mendes disse que deixaria de pagar os fornecedores e que também aguarda o repasse em torno de R$ 400 mil pela Câmara Municipal.
Foto Paulo & Galego
Carlos Mendes, prefeito de Janaúba: 13º salário somente aos efetivos.
Os vereadores haviam sugerido que esse dinheiro fosse destinado ao Hospital Regional (R$ 200 mil) ao hospital da Fundajan (R$ 150 mil) e à Guarda Mirim (R$ 50 mil). Mas, o prefeito vai usar o recurso como um “socorro” para a sua administração. Carlos Mendes disse que já aguardava essa sobra do legislativo com base na redução do subsídio (salário) dos vereadores a partir de janeiro de 2017.
Entretanto, mesmo com essa devolução de quase meio milhão de reais – o repasse deverá ser no dia 29 de dezembro – a Câmara ainda precisa concluir obras em sua sede, caso da aquisição e instalação do elevador com base na legislação de acessibilidade, assim como a realização de concurso público e a recomposição salarial dos seus funcionários, dentre outras ações.
CONTRATADOS NÃO TERÃO O 13º SALÁRIO
O prefeito está confiante de que nos próximos dias o governo libere recurso para o município o que, somando com a devolução da Câmara, será o suficiente para pagar o 13º salário aos efetivos. Indagado na Câmara, Carlos Mendes frisou que não pagará o 13º salário aos servidores contratados. Citou que no dia 2 de janeiro dará posse a 86 aprovados em concurso público realizado na gestão do prefeito Yuji Yamada, em 2013, e que encaminhou para o setor jurídico e de Recurso Humano a avaliação do concurso público realizado em 2016, na gestão de Yamada.
PREFEITO PEDE AOS VEREADORES PARA PONDERAR NAS CRÍTICAS
Carlos Mendes se diz feliz com a sua gestão que está no 12º mês. Pediu que os vereadores fizessem críticas ponderadas. Durante quase duas horas apresentando uma espécie de relatório do seu governo, o prefeito mencionou as dificuldades enfrentadas neste ano e frisou que recebeu uma prefeitura em situação problemática. Mesmo assim, anunciou que a Prefeitura de Janaúba irá realizar o carnaval no ano que vem – neste ano ele não promoveu esse evento. Quanto ao sistema hospitalar informou que meados do ano que vem o hospital da Fundajan estará com a situação normalizada e o Hospital Regional terá os problemas resolvidos no final de 2018.
CONSTRUIR UM “PISCINÃO” NO DONA LINDU
Questionado sobre o drama das famílias do residencial Dona Lindu, no bairro Algodões, que tiveram as casas inundadas pela cheia na lagoa Dente Grande, o prefeito Carlos Mendes admitiu dificuldades para escoar a água. Segundo ele fica caro um sistema de drenagem naquela área. O prefeito explicou que não descarta a possibilidade de criar ali um “piscinão”.
Ainda na reunião ordinária de hoje, a penúltima deste ano, o prefeito Carlos Mendes declarou que dificilmente conseguirá o empréstimo de R$ 3 milhões junto ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Segundo ele, o posicionamento do BDMG é de recusa ao pedido do prefeito janaubense. Diante disso, Carlos Mendes implorou aos vereadores para recorreram aos seus deputados no sentido de alocarem recursos para a prefeitura adquirir maquinários para a administração pública. A presidência da Câmara informou ao prefeito que os vereadores têm se empenhado nesse sentido, inclusive a cidade está sendo contemplado com recursos de mais de R$ 600 mil para pavimentação em ruas devendo o serviço iniciar em 2018, após o período chuvoso.
Nessa penúltima reunião ordinária dos vereadores de Janaúba em 2017 (a última deverá ser no dia 26), o prefeito Carlos Mendes respondeu às perguntas dos vereadores. Uns vereadores foram taxativos na cobrança por uma administração mais ágil, enquanto outros fizeram elogios e agradeceram o prefeito Carlos Mendes, que quatro anos atrás era vereador de oposição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLISÃO FATAL ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO NA BR-122, EM JANAÚBA: UMA PESSOA MORRE POR TRAUMATISMO CRANIOENCEFÁLICO

COLISÃO ENTRE ÔNIBUS E CARRO NA BR-122; HÁ ÓBITOS E VÍTIMAS FERIDAS: ENTRE CAPITÃO ENÉAS E A BR-251

GOVERNADOR ANUNCIOU NESTE SÁBADO A INCLUSÃO DO NORTE DE MINAS NA “ONDA ROXA”: AÇÃO CONTRA A COVID